15 de outubro de 2009

O pesadelo da dentição

A grande maioria dos cuidadores, sejam mães, pais, avós, babás, percebem quando um dentinho está para nascer. E quase nunca é porque perceberam a gengiva inchada quando foram limpar com gaze ou paninho.

Existem inúmeros sintomas que levam todos a perceberem a dentição vindo: bebê irritado, chorão, com o sono picado, mordendo tudo, babando horrores, sem apetite. Às vezes, um pouco de febre. Pode até haver uma assadura leve nas bochechas, pescoço e braços/mãos, por causa da salivação excessiva.

Mas, atenção: febre alta não é por causa da dentição. Vale checar com o pediatra.

A gente tem como ajudar o bebê a passar por essa fase sem usar remédios calmantes, pomadas e afins. Mas a gente ainda precisa passar pelo mais difícil, que é ver nosso bebezinho sofrer e não ter como fazer parar. Acreditem, passa. E eles saem fortalecidos disso.

Agora vamos às alternativas! Oferecer talo de salsão, agrião, essas verduras bem fibrosas (que não vão se quebrar na boca do bebê) bem geladinhas para eles morderem. Alivia bastante a dor/coceira da gengiva e acalma bem o bebê, pelo menos enquanto ele está mastigando. Um mordedor serve, mas EU prefiro dar alguma coisa que libere nutrientes na boquinha do bebê, e não algo que libere bisfenol-A, que vaze líquidos estranhos (porque, sim, alguns bebês conseguem furar os mordedores com líquido dentro) ou que solte pedaços de tinta/plástico/borracha…. Não cortem pequeno. Ofereçam, por exemplo, o talo do salsão inteiro, só bem lavado, sem as folhas. O mesmo com o agrião. É melhor o bebê enfiar o talão na boca e vomitar do que ele engolir um pedaço e engasgar.

Enrolar gelo picado em uma fraldinha de algodão, amarrar bem e dar para o bebê também ajuda. Mas tem que tomar cuidado e tirar da boca de tempos em tempos, senão queima.
Massagear a gengiva com um paninho molhado em água bem gelada é ótimo para fazer a limpeza e antes do soninho. Mas só tome cuidado para não tomar uma mordida daquelas.

O bebê fica com esse instinto meio canibal, mesmo. Quer morder, porque pressiona a gengiva, aliviando a coceira, a dor. Eles mordem. Mordem o seio, na amamentação, mordem a mão, a perna, a boca, a bochecha, o tornozelo…. Mordem até eles mesmos (e depois ficam inconsoláveis).
A única coisa que a gente pode fazer quanto a isso é falar sério. E até bebês bem pequenos entendem quando a gente fica bravo, triste, feliz. Diz, com a expressão séria e triste:
- Morder a mamãe/papai/vovó não pode. Machuca e eu fico triste.
Ou algo do tipo.
Eles podem morder de novo. E a gente diz de novo. E de novo. E de novo.

Sempre com muita paciência, porque quem está sofrendo são eles, não nós.

Dar muito colo, muito carinho. Conversar. E aceitar que essas mordidas são fase, que passam rápido demais e logo a gente esquece. Palavra de quem passou por tudo isso três vezes e precisou de muito Google para lembrar de tudo isso.

Continue lendo...

14 de outubro de 2009

Amamentar com mamilos planos ou invertidos é possivel?

Siiiiiiiiiiiim!!!!!

A maioria das mulheres antes de ser tornarem mães tem medo de não conseguir amamentar seus filhos por vários motivos e ter mamilos planos ou invertidos, é um deles. Mas isso não impede a amamentação.

Como regra, NÃO É NECESSÁRIO PREPARAR OS SEIOS PARA AMAMENTAÇÃO DURANTE A GESTAÇÃO.

O ideal é passar apenas agua na hora do banho e só. Não estimule, não passe bucha vegetal, não passe creme e nem sabonete.

A pele do mamilo deve ficar o mais grossa possivel e cremes fazem a pele ficar mais sensível.

Durante a gestação, os mamilos vai ficando mais ásperos e escuros, se preparando naturalmente para a sucção do bebê.

Não é necessário também estimular os seios para sair colostro. Ele sairá naturalmente após o parto.

Para as mulheres que tem mamilos planos ou invertidos tem algumas dicas que podem ajudar depois que os bebês nascem para o bico ficar exposto mais rapidamente.

Usar um sutiã furado - Uma boa dica é pegar um sutiã firme e fazer dois buraquinhos bem em cima dos mamilos (vc pode fazer um acabamento de chuleado, como se fosse a casa de um botão.) Ao vestir o sutiã, encaixe os mamilos nesses buraquinhos. (Fica muito sexy! huahuahuahua.) Aos poucos, os mamilos ficarão mais proeminentes. Além de boas gargalhadas, este sutiã produz ótimos resultados!

Sol - Pode-se tomar sol nos mamilos para fortalecer a pele. O sol é um cicatrizante natural, que ajuda a manter os mamilos secos e saudáveis. Mas cuidado para não queimar a pele do peito! Corte dois buracos num sutiã velho e exponha apenas os mamilos ao sol por alguns minutos todos os dias.

Como esses dias não tem muito sol, vc pode utilizar uma lampada proxima ao mamilo, uns 30cm mais ou menos por 5 a 10 minutos, todos os dias.

Dedal - Outra alternativa é encaixar nos mamilos duas metades de bolinha de isopor com um dedal dentro.

Boa pega do bebê - Várias coisas ajudam a preparar os bicos para a amamentação, mas aprendemos que uma das coisas mais importantes é a amamentação com uma pega correta, isto é, com a boca do bebê bem aberta, de frente para o peito, sugando o bico e parte da aréola.

A criança não deve pegar apenas o mamilo; o máximo possível da aréola deve ser colocado na sua boca. O bebê deve ser levado ao peito e não o peito ao bebê.

Para um posicionamento adequado, durante as mamadas, todo o corpo do bebê deve estar voltado para a mãe.

Pensamento positivo e vontade - Um dos ingredientes mais importantes para quem quer amamentar é a vontade de fazê-lo, independente dos palpites alheios e das intercorrências. Insistir na amamentação exclusiva é muito importante. Acreditar na capacidade de fazê-lo também. =)

Muitas mães que passaram por isso relatam que ficaram com o mamilo para fora depois de amamentarem. Outras ficaram com bicos invertidos novamente.

Quando, antes da mamada, o peito estiver muito cheio e o bebê não conseguir pegar-lo, o ideal é fazer uma ordenha e oferecer o leite retirado numa seringa para o bebê (porque esse leite do começo da mamada tem pouca gordura mas é o leite que mata a sede, portanto é importante oferecê-lo). Não precisa ordenhar muito, só ate o bebê conseguir pegar o bico mesmo, de preferencia fazer a ordenha com a mão.

É preciso ter cuidado porque quanto mais você ordenhar, mais leite terá, e corre o risco de ter mastite (leite empedrado).

Uma ultima dica, é usar uma seringa com a ponta cortada. Coloca-se o mamilo dentro da seringa e suga-o até formar o bico, segure a seringa por um momento no peito e em seguida ofereça ao bebê. Isso vai facilitar muito a pega. =)

Para terminar, um video de como fazer a pega de forma correta.

Continue lendo...

5 de outubro de 2009

Parto Humanizado

A Humanização no nascimento está aos poucos sendo divulgada e ensinada no Brasil.

Viva!!! Isso é maravilhoso!

Grupos de apoio e informação como o GAMA, a Parto do Principio, amigas do Parto, estão ganhando espaço na mídia e ajudando muitas mulheres a se empoderarem na escolha de partos cada vez mais participativos e menos traumático para mãe e bebê.

Claro que ainda há um longo caminho a ser percorrido, mas cada semente plantada faz diferença.

Eu tenho o prazer de postar aqui no blog hoje um pequeno documentário feito pela equipe da Dra. Melania Amorim em Campina Grande, onde ela explica passo a passo, as 10 Recomendações da OMS para o parto junto com imagens muito bonitas de nascimentos.

Informações importantíssimas para todas as mulheres que vão ter filhos e que desejam um Parto Ativo.

Mesmo para quem não sabe o que é, vale assistir e se informar antes de se entregar nas mãos dos médicos e deixar 'tudo por conta dos doutores'.







Continue lendo...