21 de maio de 2012

Segunda gestacao

Segunda gestacao,veterena em maternidade e super segura em tudo????Naaaaaaaaoooooooo... nada disso! Quando descobri que estava gravida pela segunda vez, tomei o mesmo susto que havia tomado na primeira vez e unica coisa que ainda nao senti foi aquele frio na barriga soh de pensar no parto. Talvez porque meu primeiro parto foi bom, entao nao bateu medinho ainda. Tenho uma leve lembranca de como doeu e de como foi cansativo, mas nada que faca meu coracao apertar... tampouco me preocupo com roupas, carrinhos e berco, etc... para o bebe, porque tenho algumas pecas de roupas que guardei do primeiro filho, tambem guardei o carrinho e a cadeirinha de carro. Berco descobri que nao preciso, que foi pra mim a coisa mais inutil, cara e "trambolhao" que obtivemos. Mas na primeira gestacao eu achava que o berco era um item de total importancia no enxoval do bebe. Compramos um berco caro, meu marido queria um novo (por supersticao) ele dizia: meu filho tao pequeno e fragil nao ira dormir em um berco ja usado por alguem e alem do mais aqui tem terremoto, tem que ser forte e resistente! E eu enfeitei o berco todinho, com aqueles protetores bordados, lindos! E aquele mobile que toca musiquinha e acende luzinhas tambem nao poderia faltar! Usamos o berco por uns meses, mas ele nao cabia ao lado da minha cama, eu tinha que levantar toda hora durante a noite pra amamentar, pra cobrir o bebe e pra ver se estava respirando ( sim, quem eh mae de primeira viagem entendera e sabe que a gente faz essas loucuras ) e quando chegou aquele periodo em que o bebe comeca a se levantar se segurando na cerca do berco, dai eu ja nao dormia direito, porque eu ficava imaginando ele caindo de cabeca no chao... ja cansada e stressada, troquei a cama e o berco por futons no chao e estamos assim ate hoje. Foi a melhor decisao que tomei. Todo mundo passou a dormir melhor e a noite toda. Nao tem coisa melhor no mundo que dormir ao ladinho de um bebe!

Bom, voltando ao assunto, unica coisa que estou sentindo eh uma baita preguica quando penso em acordar varias vezes na noite,  quando penso em todas as fases que vamos ter que passar novamente, por mais deliciosa que seja! Mas no total estou muito empolgada e feliz principalmente por meu primeiro filho, que ja nao estara sozinho neste mundo, tera pra sempre um irmao para poder compartilhar bons e maus momentos! Acho que ter irmao eh muito importante.

Quando fiquei gravida e comecei a pensar no parto, me lembrei de uma vez em que a Rosana Oshiro me perguntou na extinta lista materna japao, o que mudaria no proximo parto? Bom, neste parto sera diferente, pois temos o Breno, que em Novembro quando o bebe nascer, tera quase 4 anos. Vou ter no mesmo hospital onde tive o Breno. Ja estou fazendo meu plano de parto e o Breno tambem participara do parto, juntamente com o pai e juntos vao cortar o cordao umbilical. Se o bebe e eu estivermos bem, a equipe medica ja me disse que poderemos sair em uns dois dias e voltarmos no quinto ou sexto dia para exames. Dai meu marido tirando dia de descanso no trabalho podera ficar com o Breno nesses dois dias... Muita gente ja me questionou sobre o Breno assistir o parto e muita gente acha um absurdo uma crianca assistir um parto. Sangue, dor, a mae chorando, gritando, enfim, uma cena muito traumatica, ja me disseram. Mas afirmo aqui pra voces, quando o parto eh natural, onde a mae eh respeitada, no tempo dela e do bebe, sem pressa, sem pressao, sem episio e livre para se movimentar e comer e beber, nao eh traumatico! Quando o Breno nasceu, meu sobrinho de 5 anos na epoca, ficou comigo e com minha irma o tempo todo, desde o momento que eu estava com dores ate o expulsivo e ele nao se assustou em nenhum  momento. Pelo contrario, ele brincava no chao, comia a comida que eu nao conseguia comer, fazia carinho na minha barriga e chamava o Breno pra nascer logo... As criancas tem algo magico e conseguem reconhecer quando eh dor de perigo, dor de angustia... e acredito que sabem que nascer eh algo bom. Esse meu sobrinho ficou tao orgulhoso de ter visto o priminho nascer que ate hoje eles sao super ligados, mesmo ele estando no Brasil hoje em dia.
Mas por via das duvidas ja estou conversando muito com o Breno a respeito, ele me acompanha no pre natal e ve o bebe nas ecografias, escuta o coracao batendo... e quando estou vendo algum video de parto no youtube que acho legal, tambem mostro pra ele. Sei la, acho tao importante o irmao ter esse contato, afinal ele acompanhara a gestacao, ajudara na escolha do enxoval do bebe e seria injusto eu sair pra dar a luz e voltar com um bebe nos bracos depois de 5 dias... deixando ele de fora de um acontecimento tao marcante, na casa de alguma pessoa estranha. E se nao tivesse esse hospital humanizado, com certeza eu teria em casa, num parto domiciliar.
E voces, o que acham de uma crianca participar do parto?E quem ja passou pela experiencia, como foi?

Continue lendo...