22 de abril de 2010

A fase dos "porquês"

É uma fase que toda mãe e todo pai vai passar: A fase dos porquês!

Eu tenho quatro e já vivi a fase dos porquês com três, só falta uma...rssss

Eu não me lembro de chegar ao ponto de me estressar com os questionamentos, sempre achei engraçado, mas me lembro de ter muitas perguntas, uma atrás da outra, sem dar trégua.

O que eu sempre fiz foi ser sincera em responder até onde sei que o entendimento deles vão e a partir daí ajuda-los a criar fantasias sobre as coisas, porque em geral as crianças estão atrás de testar nossos limites, pedir nossa atenção e também em busca de caminhos para lidar com suas fantasias.

Hoje mesmo, meu Gabriel de 3 anos e meio, me perguntou: "Mãe, porque Deus fez a gente?"

Respondi que era para brincarmos, abraçarmos, beijar e ser feliz e na mesma hora abracei, beijei, e caimos no sofá dando muitas risadas juntos. Ele não perguntou mais nada.

Em geral eu acho que eles questionam muito quando estão querendo atenção e não porque querem pentelhar ou saber realmente os porquês.

Claro que também há um pouco de curiosidade do mundo, coisas que eles começam a perceber, e eu acredito que dar respostas sinceras seja a melhor coisa a se fazer nesse caso.

Mas penso que responder os porquês, muitas vezes é mais fácil do que dar a devida atenção a eles, e provavelmente por isso, eles insistam muitas vezes conosco, até perceber-nos realmente dando atenção a eles.

Eu sugiro a quem tenha isso como problema, e tenha falta de paciência nessa fase, a parar o que está fazendo na hora em que seu filho começar a questionar. Abaixe perto dele, olhe em seus olhos e tente conectar-se com seu interior, seu instinto materno.

Tenho certeza que assim irá descobrir muito de seu filho e encontrará a melhor resposta para dar-lhe no momento. ;)

grande beijo

4 comentários:

Tai disse...

A filha de uma amiga minha perguntou pra mim do que era feito o cabelo das bonecas, que não era de verdade e nem de linha ahahaha

Basta respondê-los com verdades simples, sempre levando em conta a fantasia (quanto menor a criança, mais fantasia!)

Carol Flor disse...

Gente, meu filho de 3 anos e 2 meses não teve ainda essa fase dos porquês!
Hehehe. Ainda bem que estou lendo esse texto antes!

Rosilene disse...

Dois dias após fazer 2 aninhos minha filhinha começou com a fase dos porquês !!! Será normal ?

Rosana Oshiro disse...

Rosilene, normalissimo!
Paciência e bom humor que logo essa fase passa.;-)

beijo

Postar um comentário

Obrigada por contribuir com seu comentário!
Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
Se você tiver alguma pergunta pertinente ao tema do post é mais rápido e fácil ligar para 080-51427945(Japão).
Estamos dispostas a ajudar no que for preciso!