15 de outubro de 2009

O pesadelo da dentição

A grande maioria dos cuidadores, sejam mães, pais, avós, babás, percebem quando um dentinho está para nascer. E quase nunca é porque perceberam a gengiva inchada quando foram limpar com gaze ou paninho.

Existem inúmeros sintomas que levam todos a perceberem a dentição vindo: bebê irritado, chorão, com o sono picado, mordendo tudo, babando horrores, sem apetite. Às vezes, um pouco de febre. Pode até haver uma assadura leve nas bochechas, pescoço e braços/mãos, por causa da salivação excessiva.

Mas, atenção: febre alta não é por causa da dentição. Vale checar com o pediatra.

A gente tem como ajudar o bebê a passar por essa fase sem usar remédios calmantes, pomadas e afins. Mas a gente ainda precisa passar pelo mais difícil, que é ver nosso bebezinho sofrer e não ter como fazer parar. Acreditem, passa. E eles saem fortalecidos disso.

Agora vamos às alternativas! Oferecer talo de salsão, agrião, essas verduras bem fibrosas (que não vão se quebrar na boca do bebê) bem geladinhas para eles morderem. Alivia bastante a dor/coceira da gengiva e acalma bem o bebê, pelo menos enquanto ele está mastigando. Um mordedor serve, mas EU prefiro dar alguma coisa que libere nutrientes na boquinha do bebê, e não algo que libere bisfenol-A, que vaze líquidos estranhos (porque, sim, alguns bebês conseguem furar os mordedores com líquido dentro) ou que solte pedaços de tinta/plástico/borracha…. Não cortem pequeno. Ofereçam, por exemplo, o talo do salsão inteiro, só bem lavado, sem as folhas. O mesmo com o agrião. É melhor o bebê enfiar o talão na boca e vomitar do que ele engolir um pedaço e engasgar.

Enrolar gelo picado em uma fraldinha de algodão, amarrar bem e dar para o bebê também ajuda. Mas tem que tomar cuidado e tirar da boca de tempos em tempos, senão queima.
Massagear a gengiva com um paninho molhado em água bem gelada é ótimo para fazer a limpeza e antes do soninho. Mas só tome cuidado para não tomar uma mordida daquelas.

O bebê fica com esse instinto meio canibal, mesmo. Quer morder, porque pressiona a gengiva, aliviando a coceira, a dor. Eles mordem. Mordem o seio, na amamentação, mordem a mão, a perna, a boca, a bochecha, o tornozelo…. Mordem até eles mesmos (e depois ficam inconsoláveis).
A única coisa que a gente pode fazer quanto a isso é falar sério. E até bebês bem pequenos entendem quando a gente fica bravo, triste, feliz. Diz, com a expressão séria e triste:
- Morder a mamãe/papai/vovó não pode. Machuca e eu fico triste.
Ou algo do tipo.
Eles podem morder de novo. E a gente diz de novo. E de novo. E de novo.

Sempre com muita paciência, porque quem está sofrendo são eles, não nós.

Dar muito colo, muito carinho. Conversar. E aceitar que essas mordidas são fase, que passam rápido demais e logo a gente esquece. Palavra de quem passou por tudo isso três vezes e precisou de muito Google para lembrar de tudo isso.

4 comentários:

JOsenlda Alves disse...

Ai Thá, sobre a febre... sei não. Bruninho teve febre e diarréia todas as vezes que nasciam dentes...
Eu dava cenoura pra ele morder. geladinha, ele passava horas mordendo.
Hoje, graças a Deus ele tem os dentinhos saudáveis, escova sempre e tem um sorrisão escancarado, mas que me deu muito trabalho, ahhh deu. hehehe.

Aika disse...

Socorro!!!!Estou toda mordida!Meu marido diz que tenho dois cachorrinhos!!Meu bebe e a cadelinha de estimacao!hauahuauahaua
Falando serio, essa fase de denticao esta fogo!Da uma pena de ver ele sofrendo!Mas espero q passe logo...valeu pelas dicas!

Luzia Barbosa disse...

Nossaaaa adorei esse post, alias tem me ajudado muito, ta dificil, ela chora, quase não dorme alias quase não dormimos, rsrsrs, to só o pó, pesquisei sobre isso, e agora no materna japão entendi o que se passa com ela. Obrigada

poksombr disse...

como sao doloridas essas mordidas nos peitos!!! e q dentinhos afiados eles tem né!!!! tomara q passe logo mesmo pois minha filha ainda esta só no começo da dentição, ainda só saiu os 2 inferiores... ai ai ai qdo sair os superiores!!! :X

Postar um comentário

Obrigada por contribuir com seu comentário!
Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
Se você tiver alguma pergunta pertinente ao tema do post é mais rápido e fácil ligar para 080-51427945(Japão).
Estamos dispostas a ajudar no que for preciso!