29 de janeiro de 2010

Será que a "moda" do parto natural pega?

No próximo domingo vai ao ar no Fantástico, pela Rede Globo de Televisão, uma entrevista feita com Gisele Bündchen, que teve PARTO NATURAL DOMICILIAR.
Vi a notícia no site da Globo.com



Quero gravar a entrevista completa e postar aqui depois, mas por enquanto quero abrir o debate: Será que a "moda" do parto natural pega?

No mundo todo é comum as pessoas seguirem as tendências da moda, e o fato é que cada vez mais "Famosas" estão aderindo ao Parto Ativo, e não é porque seja moda não, mas é porque essas mulheres, assim como outras não famosas, escolheram abraçar a maternidade, pesquisaram, se informaram e encontraram caminhos, não mais fáceis, porém mais conscientes de se ter um filho.

Tem gente que acha que parto é parto, independente da via, acha que um parto normal ou uma cesárea, não vai mudar nada na vida da mulher/mãe, que é só "um jeito" de se por o filho no mundo. Mas não é.

É na escolha do parto que a mulher começa a desenvolver a mãe que vai ser. É na escolha do parto que uma série de questões futuras já se desenrolam ou não.

O parto para a maioria das mulheres é o fim "de um período" e ponto final, dali a vida continua mais ou menos como era.

Para mim, o parto é início de um longa jornada, que é a maternidade. E foi a luta pelo parto natural que me fez abraça-la de forma questionadora e ativa.

Pelo jeito a Gisele Bündchen também pensa assim. Vamos esperar a entrevista! =D

2 comentários:

Keyla Chris disse...

Vou esperar ,me deixou curiosa p ver a entrevista.
Não sei se essa moda pega não,pelo menos no Brasil essa "mania "de cesarea me parece estar arraigada.99% das minhas conhecidas e parentes q tiveram filhos no Brasil fizeram cesarea por opção não por necessidade,algumas me mandavam e-mail ,telefonavam p me dizer p ir p o Brasil fazer uma cesarea e não ter aqui no Japão,me chamavam de louca por ter outro parto normal.
E me chamam de doida por estar amamentando um bebe de mais de um ano...Acho q tem gente que nasce p ser mãe ,veste a camisa desde q engravida,outras compram o título.Não digo isso só por escolherem a cesarea como via de trazer seus filhos ao mundo,mas pela maneira q prosseguem suas vidas mesmo depois de terem um bebe em casa.Vejo algumas amigas q continuam sua vida social normalmente, um mês depois de darem a luz ja estão no clube,barzinho,festa de formatura,casamento ,detalhe,bebe em casa c outra pessoa.Mas isso é outro assunto..
Enfim ,admiro muito mães q vão atraz ,lutam contra o q dizem seus obstetras e fazem valer seu direito de ter seu filho de parto natural,mais ainda, qdo se sentem seguras p te-los em suas casas,livres de todas as intervenções desnecessárias.

Tai disse...

ai... ter filho em casa sem anestesia não devia ser notícia, né? devia ser normal! espero que a moda pegue e que continue, que deixe de ser coisa de looouco como considera a maioria das pessoas alienadas.
já era fã da Gi, agora então! ahaha

Postar um comentário

Obrigada por contribuir com seu comentário!
Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
Se você tiver alguma pergunta pertinente ao tema do post é mais rápido e fácil ligar para 080-51427945(Japão).
Estamos dispostas a ajudar no que for preciso!