29 de setembro de 2010

FALSOS motivos alegados para cesárea

Hoje em dia a mulher que quer ter parto normal precisa se informar, isso é fato.

Mais do que isso é preciso ter paciência, saber dialogar e apresentar a seus médicos evidências e fatos para não ser "enrolada" pelos obstetras da atualidade.

Acreditam que na primeira consulta da minha atual gravidez o médico já queria marcar uma cesárea?

É brincadeira né?

Acho que 90% das mulheres hoje iriam dizer:
- Ah! Tudo bem doutor! Sem problemas!

Ou mesmo que quisessem questionar, ao ouvir o médico dizer:
- Você pode ter um ruptura no utero e morrer. E seu bebê também!!!

Daí não tem coração que aguente né?
- Tudo bem doutor eu acredito no senhor, pode marcar a cesarea.

Bom, mas comigo não!

Perguntei logo quais as chances de uma ruptura (porque tive cesarea anterior) e ele respondeu que era de 0,5% por cento e mais um pouco, só que o pouco ninguem sabe o quanto é. Exatamente a mesma chance de uma mulher que nunca teve um parto.

Eu posso com isso?

Eu tive 2 cesarianas e depois tive 2 partos normais. Tudo perfeito, sem nenhum problema! E porque agora meu corpo não funcionaria mais?

Disse-me uma vez, uma sábia e experiente parteira que se o útero aguenta 9 meses ser esticado e aumentado sem problemas, logo as chances de passar pelas contrações do parto sem problemas são muito grandes.

Veja, eu não estou defendendo o parto normal acima de tudo, mas a falta de profissionalismo médico e vontade deles de estar no controle de tudo, acima de todos.

Claro que o risco é pequeno, mas existe. Por causa disso então eu não posso ter um parto bem acompanhado e em caso de real necessidade ser submetida a cirurgia?

Alguém ai que esteja lendo esse post pode dizer: Mas quem sou eu para debater com um médico? Ele estudou para isso muitos anos, eu não sei nada!

Bom querida, não "finja" querer um parto normal. Seja sincera consigo mesma para depois não se sentir roubada, como eu me senti nas duas "desne-cesareas" que tive.

Faça uma cesarea bem informada dos riscos para a mãe e o bebê. Saiba que será privada do primeiro contato, que vão esfregar seu bebê desnecessariamente, por um colirio ardido nos seus olhinhos para uma DST que você não teve (e seu filho nem nasceu pela vagina...ops!), vai vaciná-lo, pesa-lo, medi-lo como se fosse mais um produto das industrias CESAREAS S/A, não vai ser amamentado na primeira hora, nem aconchegado no seu peito, pelo contrario vai receber agua glicosada em uma seringa descartavel, enquanto você se recupera da anestesia, passa fome durante horas, sente mal estar, usa sonda para urinar, toma antibióticos e geralmente outros remédios para os efeitos colaterais da anestesia.

E isso tudo é normal, dentro da rotina de que tudo ocorra bem. Se tiver complicações o quadro se complica muuuuito mais.

Informação tem aos montes hoje em dia, corre atrás e aposta na probabilidade de tudo dar certo quem tem empoderamento e amor pelo seu corpo e pelo seu filho, porque as chances de ter um bom parto para quem tem teve uma boa gravidez, são infinitamente maiores.

Para quem quiser saber mais sobre evidencias cientificas na obstetricia, tenho uma ótima dica, a comunidade do orkut GO baseada em evidências da Dra. Melania Amorim, obstetra humanista do Brasil.

A Dra. Melania fez essa lista de FALSOS motivos alegados para se realizar uma cesarea, que espero que possa servir de alerta para as mães que desejam um parto normal:
1- Circular de cordão, uma, duas ou três voltas (campeoníssima - essa conta com a cumplicidade dos ultrassonografistas, e o diagnóstico do numero de voltas é abolutamente nebuloso)
2- Pressão alta
3- Pressão baixa
4- Bebê que não encaixa antes do trabalho de parto
5- Diagnóstico de desproporção céfalo-pélvica sem sequer a gestante ter entrado em trabalho de parto
6- Bolsa rota (o limite de horas é variável, para vários obstetras basta não estar em trabalho de parto quando a bolsa rompe)
7- Passou do tempo (diagnóstico bastante impreciso que envolve aparentemente qualquer idade gestacional a partir de 39 semanas)
8- Trabalho de parto prematuro
9- Grumos no liquido aminiótico
10- Hemorróidas
11- HPV
12- Placenta grau III
13- Qualquer grau de placenta
14- Incisura nas artérias uterinas (aliás uma gravidez normal não precisa de ultrassom com Doppler)
15- Aceleração do batimentos fetais
16- Cálculo renal
17- Dorso à direita
18- Baixa estatura materna
19- Baixo ganho ponderal materno/mãe de baixo peso
20- Obesidade materna
21- Gastroplastia prévia
22- Bebê grande demais
23- Bebê pequeno demais
24- Cesárea anterior
25- Plaquetas baixas
26- Chlamydia, ureplasma e mycoplasma
27- Problemas oftalmológicos, incluindo miopia e descolamento de retina
28- Edema de membros inferiores/edema generalizado
29- Falta de dilatação antes do trabalho de parto
30- Gravidez super desejada (motivo pelo qual os bebês de proveta aqui no Brasil muito raramente nascem de parto normal)
31- Gravidez não desejada
32- Idade materna avançada (em geral refere-se as mulheres depois dos 35 anos)
33- Adolescência
34- Prolapso de válvula mitral
35- Cardiopatia (o melhor parto para as cardiopatas é o vaginal)
36- Diabetes
37- Bacia muito estreita
38- Mioma uterino
39- Parto prolongado ou período expulsivo prolongado (os limites são muito imprecisos dependendo da pressa do obstetra)
40- Pouco / muito liquido
41- Artéria umbilical única
42- Ameaça de chuva/temporal na cidade
43- Obstetra (famoso) não sai de casa à noite devido aos riscos de violência no RJ
44- Fratura de cóccix em algum momento da vida
45- Conização prévia de colo uterino
46- Eletrocauterização prévia do colo uterino
47- Varizes na vagina
48- Constipação (prisão de ventre)
49- Excesso de liquido aminiótico
50- Anemia
51- Data provável do parto (DPP) próximo a feriados prolongados e datas festivas

7 comentários:

thais disse...

ótimooooo!!!!!

thais disse...

Também conheço, no mínimo, 3 mulheres que tiveram cesárea porque estavam com contrações irregulares. Também mecônio. Aqui no Japão, sobrepeso é super comum como alegação pra cesárea, também.

Mamãe Larissa disse...

Ótimo post! Sabe o que eu ouvi de um profissional humanizado??? "E se o seu bb morrer como vc vai reagir? vc tem poutros filhos, vc deve pensar nisso!" E na mesma conversa: "Não posso pensar só no seu desejo, tem todo um movimento por trás disso. Se algo der errado como fica o movimento?". Sabe, o movimento está aí, nem se deu conta de que EU PARI. E meu bb está aqui lindo e maravilhoso, mesmo eu tendo ficado com essa pergunta macabra na minha cabeça desde as DESESSETE SEMANAS!!!!!
Quem quer mesmo deve ter ouvido seletivo até mesmo com profissionais humanizados...
Sorte minha que eu queria mesmo....
bjs

Rosana Oshiro disse...

Pois é meninas, é triste mas é real.
As vezes a gente engravida e precisa "matar um leão" por mês no pré-natal.
É desgastante, mas o resultado é mais que compensador né?

beijo

Aninha disse...

Olá, tentei ligar no keitai acima e ninguem atende. Tenho muitas dúvidas sobre o meu parto. Estou na 35ª semanas e 4 dias, meu bebe está sentado desde 29 semanas, e o médico já deixou previamente marcada a cesárea para 28/12, sendo que a data prevista do nascimento era 14/01/2011. Será que esse médico não está adiantando muito a data, será que não tem mesmo possibilidade do nene fica na posição cefálica?? Estou indo em um hospital grande, o médico é bonzinho até demais, mas to achando que a cesarea é bem mais fácil pra ele. Vocês tem relatos de pessoas que fizeram cesarea aqui no Japão? Como foi a recuperação?
Sou mãe de primeira viagem, minha gravidez foi super tranquila, eu tinha certeza que ia ser parto normal. Não estava preocupada com a dor insuportável que todo mundo fala, só pensono bem estar da bebe. Devo acreditar que no meu caso a cesarea vai ser melhor pra nos duas?
Obrigada.

Moro em Ibaraki
e-mail: ana_gtl@hotmail.com

Fraan . disse...

otimo ter lido esse post, eu entrei em trabalho de parto prematuro e tinha bolsa rota e fui obrigada a fazer uma "Cesarea de urgência" mesmo tento contrações e dilatação, me sinto como se tivessem roubado o melhor de mim e agora tenho certeza disso! eu poderia sim ter PARIDO e não pude, ganhou mais uma seguidora!

Rafaella disse...

to com a fraan, me sinto enganada =( hoje com 47 dias com meu filho nos braços, ainda fico triste pelo meu parto cesarea eu e meu baby estavamos bem tdo monitorado me médico simplesmente me disse que o bebe era grande, que eu não dilato e que msm induzindo o bebe poderia não sair =s

Postar um comentário

Obrigada por contribuir com seu comentário!
Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
Se você tiver alguma pergunta pertinente ao tema do post é mais rápido e fácil ligar para 080-51427945(Japão).
Estamos dispostas a ajudar no que for preciso!