9 de fevereiro de 2009

De volta ao parto domiciliar


A mulher do Marcio Garcia deu a luz em casa, acompanhada de uma parteira e diz que foi uma experiencia MA-RA-VI-LHO-SA!

Muitas outras mulheres que tiveram parto em hospital e depois tiveram parto em casa, afirmam:

- O proximo nasce em casa tambem! Parto em casa é muito bom!

O que será que aconteceu para que as mulheres quisessem resgatar o parto domiciliar?

O fato é que até poucos anos atrás, o parto era um evento familiar. Sempre que um bebê estava para nascer, chamavam a parteira em casa, para dar suporte para a mulher e ela paria em paz! Isso acontecia em todo o mundo. Muito. Aqui no Japão, inclusive.

Acontece que naquela época não existia pré-natal, nem ultrassom, nem exames durante a gestação. Hoje já é possivel prever possiveis problemas muito antes do parto, e existem hospitais bem proximos as residencias aqui no Japão, e em todo o mundo. Por isso a segurança para se ter um bebe em casa hoje é maior!

Para uma mulher que tenha uma gestação tranquila, sem riscos, o parto domiliciar é a melhor opção por vários motivos:

- em casa os riscos de infecção na mãe e no bebê são praticamente nulos, pelo fato de estarem no seu ambiente, enquanto no hospital (por haver circulação de vários virus e bactérias) a situação seria muito mais arriscada;

- há participação da família, inclusive de outros filhos, o que no parto hospitalar é não ocorre, geralmente é permitida somente a entrada de um acompanhante, quando este e permitido;

- o ambiente é acolhedor, a mulher está na sua casa e ao contrário do hospital onde ela deve entrar nas rotinas hospitalares, é a equipe que deve “entrar nas rotinas” da casa. Ela pode escolher em qual local ficar, com quem quer ficar, o que vai comer, enfim não há regras;

- há segurança, como a mulher está em casa, no seu ambiente e sem intervenções a segurança está presente, pois a mulher não se estressa, não liberando adrenalina conseqüentemente, não haverá sofrimento fetal e os processos consecutivos serão tranqüilos. Para que a segurança se mantenha as parteiras realizam controles de batimentos cardíacos fetais durante todo o trabalho de parto, em caso de necessidade, faz-se o encaminhamento ao hospital;

- deve existir o respeito a crenças e valores da mulher que vai parir, e ela pode escolher: qual posição quer ficar e qual posição terá o bebê, optar em fazer algum ritual após a saída da placenta ou com ela, escolher uma música especial para o trabalho de parto e parto, organizar o ambiente para o parto, entre outras coisas;

- é uma experiência significativa - o parto no domicílio, por ser de acordo com suas crenças e valores, é uma experiência que marca a vida das mulheres de forma significativa, no sentido de empoderamento da mulher e família.

- não haverá exames desnecessários, remedios, injecções, rotinas de hospital a cumprir.

- a primeira amamentação é estimulada e consequentemente o bebê e a mãe terão um vinculo de ligação desde o inicio da vida extra-uterina, o que ajuda bastante para que amamentação flua rapidamente, e sem que ninguem fique oferecendo leite em pó para seu filho.

Essas são apenas algumas coisas...

Durante o TP é totalmente possível prever qualquer intercorrência e levar a gestante ao hospital mais próximo para realização de exames ou cirurgia, se necessário.

Mas ainda existem "mitos e medos" que rodam a cabeça da mulher moderna, em relação ao parto domiciliar. Eu já tive os meus e buscando informações coerentes com profissionais humanizados consegui esclarecer tudo com base em evidências científicas.

Agora, pergunto a você que já teve um parto, seja ele normal ou cesarea: do que você tem medo num parto domiciliar? Porque você não faria?

Prometo responder a todas as duvidas e inseguranças que vocês tenham, baseada em evidencias e na experiencia de profissionais que trabalham com atendimento ao parto domiciliar há mais de 20 anos.

Podem começar...

Imagem daqui

1 comentários:

andrea disse...

Qdo vi a entrevista do Marcio Garcia dizendo que a esposa teve parto domiciliar, logo lembrei do blog hehe, muito legal saber que as pessoas estão querendo fazer parte deste parto tão bonito

Postar um comentário

Obrigada por contribuir com seu comentário!
Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
Se você tiver alguma pergunta pertinente ao tema do post é mais rápido e fácil ligar para 080-51427945(Japão).
Estamos dispostas a ajudar no que for preciso!