4 de dezembro de 2008

Babywearing

Por Thais Saito

A gente já falou sobre isso nesse post aqui, mas é um assunto muito legal, vasto, estudado e interessante.

Sabem o que é o BABYWEARING?
É o ato de "vestir" o bebê. Não a roupa nele. huahuahau. Mas o ato de nós vestirmos os nossos bebês.

Existem muuuuuitos jeitos de carregar um bebê.
- Simplesmente no colo, que é uma delícia quando eles são recém nascidos ou por curtos períodos, senão dá uma leve dor (nos braços nas costas.....);
- Num canguru comum, daqueles que parecem uma mochila. OK, o peso do bebê se divide nos dois ombros, ele fica numa posição prática (para nós) e parece bem seguro. Só que o bebê só pode ficar em uma posição. E cansa. Além da posição perninhas abertas demais pode causar um problema ali. Além de servir por pouco tempo (a Mel pôde usar por tipo 6 meses, porque depois começou a apertar a perna). Mais uma desvantagem: as pernas e os braços ficam largados e isso PODE causar problema ou facilidade de problemas naquelas articulações;
- Sling: delícia, delícia. O bebê fica numa posição super confortável, se sente no útero. E conforme ele vai crescendo, vai mudando as posições: sentado olhando pra frente, sentado barriga-com-barriga, pernas pra dentro, pra fora, nas costas..... Ainda dá pra amamentar super discretamente. Dá pra tirar e colocar o bebê quantas vezes quiser, porque é fácil, fácil. A desvantagem é a preocupação que se precisa ter para com as argolas, o velcro, ou o que for que segure, o tipo de tecido (precisa aguentar o bebê e, se for orgânico, sem estampas cheias de ftalatos e tal melhor ainda.) e precisa de um pouco de prática pra usar na boa;
- Wrap: um tecidão comprido, que se enrola, enrola, e prende. Sào lindos, extremamente confortáveis. O peso do bebê fica suuuuper dividido, é super seguro, a gente quase esquece que tem um bebê ali. É meio difícil de usar, é ruim mudar a posição do bebê. Existe a versão "fast wrap", que já vem meio pronto: você veste, como se fosse uma camiseta, mesmo, e coloca o bebê no meio. Adoro o meu e não largo por nada. jauahuah.

(imagem wrap com gêmeos, daqui.)
- Mei-tai: É um quadrado de tecido com 4 "braços", que você usa pra amarrar em volta do bebê e de si. Eu tenho e adoro. O ruim é que não dá pra mudar a posição do bebê e precisa prender direitinho pra não machucar. É uma adptação ao que as mulheres usavam antigamente, um cordão, pra amarrar as crianças.

(imagem, mei-tai Luka e Lika)

No próximo capítulo, vou falar dos benefícios do Babywearing em geral. hauhauaha. Aguardem.

1 comentários:

Fanynha disse...

Ahhhhhhhhh....amei o mei-tai com os gemeos....ficou muito lindo....

Postar um comentário

Obrigada por contribuir com seu comentário!
Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
Se você tiver alguma pergunta pertinente ao tema do post é mais rápido e fácil ligar para 080-51427945(Japão).
Estamos dispostas a ajudar no que for preciso!