16 de janeiro de 2009

Assaduras

por Franciely Tsuchiya

A verdade é que não precisamos, necessariamente, trocar nossos filhos logo após ele fazer xixi. A troca pode ser feita com hora marcada, como por exemplo a cada 3 ou 4 horas.
Mas a verdade é que existe uma preciosa dica para um bumbum sempre sem assaduras.
Aproveitarei para passar a informação do que fazer com a assadura, e seja ela até mesmo fora do bumbum. E garantir a tranquilidade e confiança da mamãe que não sabe bem lidar com o problema!

A dica mais importante para um bumbum sem assaduras é secá-lo bem a cada troca! Ele deve estar limpo e sem grudar nas suas mãos!

O motivo de nossos filhos usarem fraldas é por quê eles ainda são muito pequenos e por isto dependentes, e precisam de nossa ajuda para fazer suas necessidades fisiológicas. E como mais de 98% das mamães não conseguem a comunicação com os bebês para saberem quando eles querem ou precisam fazer essas necessidades, além do trabalho que exige ficar 100% de olho nos pimpolhos, então foi-se inventado este método, mais que, cômodo para as mamãe, são elas as fraldas. Só que este método não é muito cômodo para os pequenos, já que exige da pele deles, causando muitas vezes irritações diversas. Mas é possível agradar mamãe e bebê, sim!
É preciso utilizar dos melhores produtos para evitar isto, uma boa fralda para evitar a irritação, um bom sabão para a pele na hora do banho e um bom produto para as assaduras (???)

Bom, como aqui (materna) somos todas puramente humanizadas, apoiamos assim: fralda só se for de pano (os tecidos são ecológicos e sem químicas, e garantido que na pele dos pequenos se darão bem), produtos para o banho só se forem naturais (totalmente ecológicos e que não agridem em nada mesmo, nem bebê, nem natureza) e quanto às assaduras, bom, vamos falar sobre como cuidar delas da maneira mais natural possível.

Nenhuma mãe precisa se desesperar, porque seu filho acabou de fazer xixi e a troca é impropícia (lugar impróprio, momento impróprio, seja o que for). Se os cuidados ante-troca forem feitos adequadamente, não há com o que se preocupar. E sabemos que nenhuma mamãe dá conta de ficar 100% dedicada ao pequeno, são tantos afazeres! hehe
Uma troca a cada 3 ou 4 horas (ou até mais, dependendo do caso) é extremamente possível!

Mas estamos falando de xixi.
Quando relacionado ao cocô, temos muitas opções: a de que, já estava na hora de trocar mesmo (hehe); a de que, está com um cheiro muito ruim então vou trocar; a de que, não percebi e agora já foi, passou 3 horas.
Seja o que for, o bumbum de seu filho não deve ter assaduras!

O que vai acontecer é que depois que ele nascer passará por uma fase de troca de pele. Esta pele super fina, macia demais e muito sensível passará a ser mais forte e resistente. Com esta troca (de pele) contínua (ainda mais nos primeiros meses de vida) o bebê pode até apresentar uma certa irritação, que aos poucos vai passando e parecendo que está "se acostumando" com as bactérias do xixi . A pele tende a ficar vermelhinha às vezes, mesmo com trocas (de bumbum) bem seguidas. Mas nunca deverá ficar com rachaduras excessivas (no vivo, como dizem por aí). Porque senão, quer dizer que você não cuidou, ou que o nenem tem uma pele sensível demasiado, e em alguns casos até porque precisa de um tratamento rigoroso.

Tratamento rigoroso é quando se precisa de uma química para cuidar do fato!
Qualquer assadura ou irritação (qualque parte do corpo) muito forte, no Japão, é recomendada uma pomada muito conhecida, se chama Locoid, em japonês é ロコイド (rokoido). E pra quem não vê problemas em ganhar pomadinhas no hospital, eu vou falar um pouco sobre esta pomada.



A verdade é que você deve fugir de qualquer química! Queira cuidar de seu filho da maneira mais natural possível! Se possível!!!
Se caso você reclamar para seu médico sobre qualquer "irritaçãozinha" que seu pequeno apresenta, com certeza ele vai te receitar uma pomada como esta, algo do tipo 'Hidrocortisona'. Então vamos saber agora sobre esta pomada, a Locoid:

Usada para combater bactérias e fungos que causam infecções cutâneas (eczema e dermatite, na pele). Pode ser usada na face, pescoço e até nas genitais e em bebês.
E como uma pomada pode matar "bichinhos" e ao mesmo tempo ser pra algo tão delicado?
Na verdade não poderia!
Os especialistas criam algo sintético, mas nada é mais perfeito que o funcionamento de nosso próprio corpo!
Drogas como Locoid não cura a causa desses problemas, mas eles podem rapidamente aliviar os sintomas, interferindo com a produção de diversas substâncias no corpo que causam estas doenças da pele. Existem Corticosteróides sintéticos (副腎皮質ホルモン)!

Pegue uma tabela periódica (química) e fique imaginando, quantos elementos daqueles, precisam para formar uma pastinha de uma pomada (?)
Dentro de nosso corpo existem grupos de hormônios ( no caso desta pomada - Corticosteróides) e quando têm algo errado com eles, sofremos na pele. Mas se injetarmos químicas nestes hormônios, podemos sofrer ainda mais do que o problema em si, dependendo do caso.
Então, é melhor ter certeza que você realmente precisa de alguma química para melhorar seu problema, ou, o futuro mostrará o problema.
Não há dúvida que hoje já colhemos problemas de decisões passadas! Estamos numa época "auge" do câncer infantil, tumores e mais tumores. E você sabe por quê? Pode ser pura inovação!
Corticosteróides tópicos como Locoid pode causar defeitos congênitos em grávidas.

Mantendo bumbum (bebê) saudável:

Se existe problema em deixar o bumbum do pequeno sequinho, então use amido de milho, conhecido como ' maizena '. Muito natural!
É só colocar num potinho com uma esponjinha e passar logo após a limpeza das impurezas, a cada troca.

* Para limpar impurezas, nada melhor do que água com água, isso aí! Só água!
Sempre quando vou trocar meu filho, utilizo um paninho o qual molho metade e deixo a outra metade seca. Passo o molhado para limpar e depois seco com a outra parte. Quando ele faz cocô mole, precisando tirar o excesso do bumbum, utilizo os tissues que podem ser jogados dentro do vaso (flushable).
Prático, rápido e saudável!

4 comentários:

irradiandoluz disse...

Muito legais as suas dicas!
Gostei especialmente da parte que dizia para não se preocupar em trocar toda hora, o importante é deixar o bebê bem sequinho na hora da troca.
Quanto à limpeza do cocô, eu e a minha mulher estamos agora lavando o bumbum da Nara na pia do banheiro mesmo... o famoso banho tcheco... funciona que é uma maravilha, mas tem que secar o bumbum depois, claro!

Um abração
Gabriel Dread

Aika disse...

Fran!Na jenela do meu quarto bate um solzinho,todos os dias coloco o Breno pra tomar um sol, com com a janela fechada,claro!Tiro a fralda,por causa do frio deixo soh com uma blusinha e ele fica feliz e todo sequinho!!

irradiandoluz disse...

Oi Aika,

Pelo que sei, não adianta muito tomar sol de janela fechada. Apenas o calor passa pelo vidro. Os raios de sol que produzem a vitamina D, por exemplo, não passam pela janela.
Mas para dar um calorzinho resolve...

Abração
Gabriel Dread

..D.. disse...

Oi,
Gostei muito do seu blog e seguem algumas dicas para ajudar na hora da troca.
O xixi e coco sao acidos, entao uma boa maneira de minimizar o impacto na pele do bebe é usar agua com uma pitadinha de bicarbonato de sódio. Outra dica para tratar do vermelinho é limpar com chá de camomila, a camomila tem propriedades calmantes e cicatrizantes.
Eu deixo uma garrafa termica de chá de camimila com uma pitada de bicarbonato e uso isso para ir limpando a cada troca.
Abraços
Doris

Postar um comentário

Obrigada por contribuir com seu comentário!
Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
Se você tiver alguma pergunta pertinente ao tema do post é mais rápido e fácil ligar para 080-51427945(Japão).
Estamos dispostas a ajudar no que for preciso!